Sunday, April 27, 2008

Dois filmes

Esta noite, como não tinha sono, vi dois filmes magníficos que tinha alugado: The cranes are flying (Mikhail Kalatozov, 1957) e Crazed Fruit (Kô Nakahira, 1956). A preto e branco, duas histórias de amor e de traição. Aquela que era amada e amava não deixou de amar, mas traiu aquele que a amava e que ela amava. O filme russo passa-se durante a segunda grande guerra. A intensidade dos sentimentos e a limpidez do filme são impressionantes. Tatyana Samoilova é comovente. No filme japonês o amor inocente e puro é facilmente remetido para segundo plano pela obsessão sexual. Surpreende que a complexa e contraditória personagem feminina troque tão facilmente o amor que a reconciliava com a sua adolescência pela paixão sensual que lhe é imposta por um sedutor mundano e experiente. Histórias à Machado de Assis: destinos que mudam de rumo por quase nada, desencontros, sofrimento e tragédias que podiam não ter acontecido e aconteceram. A inconsistência da nossa vontade e das nossas certezas é assustadora. E só se vive uma vez.

(Caderno Azul)

No comments: