Sunday, September 21, 2008

Love is like life

She switches off the light and sits down in the rocking chair, and at that moment it strikes her that love is actually like life. You know it's going to end badly, that it's going to end too soon and there is no hope of its lasting, but you go on living all the same.

Ivan Klíma

No dia 7 de Outubro de 1999 comprei Lovers for a Day, um volume de short stories de Ivan Klíma. Em Junho de 2000 comprei Love and Garbage, um romance do mesmo autor. Só agora abri e estou a acabar de ler o primeiro livro e ainda não comecei o segundo (mas vou lê-lo a seguir). Acontece que alguns livros são comprados e nunca serão lidos por quem os compra. Quais serão as razões que nos levam a comprar um livro, certos livros, e não outros? A resposta a esta pergunta teria de incluir várias alíneas: a ideia que temos do autor; o título; a capa; a editora; o tradutor ou a tradutora, o prefaciador ou a prefaciadora; as relações complicadas que se estabelecem na nossa cabeça entre autores, países, títulos, géneros literários; aquilo que sabemos que lêem as pessoas que nos servem de referência positiva ou negativa; circunstâncias da nossa própria vida, presentes ou passadas; etc. Nem quero saber.

No comments: